domingo, 7 de abril de 2013

imperator victus. [tradução]


(Hart Crane / de Key West: An Island Sheaf, 1932)

[clique para aumentar]

(2011 - 2016)


Provavelmente composto em 1927, este texto parece trazer, misturadas em sua escritura, referências históricas antigas e recentes. A primeira e mais explícita é à civilização incaica, que à época da chegada dos espanhóis era liderada por Atuahualpa, que foi executado. O poema, no entanto, fala de um “rei hispano” como um “chefe extinto”, o que pode ter sido uma alusão à história recente da América, em especial à Guerra Hispano-americana em torno da independência de Cuba (1898), que terminou com a derrota dos espanhóis e o fortalecimento da influência americana na região. Daí, então, uma possível interpretação do poder do dólar que é referido ao trono espanhol.
No âmbito da tradução, tentei manter, sempre que possível, a estrutura trocaica e o mesmo número de sílabas por versos apresentado pelo original (no geral, quatro).