sábado, 13 de fevereiro de 2016

hello. [tradução]


(Robert Creeley / de Hello: A Journal, February 29 - May 3, 1976)

[clique para aumentar]

(2016)

* Três poemas pertencentes ao livro Hello: A Journal, de 1976, obra em que Creeley trabalha esteticamente suas experiências de viagem por nove países: Nova Zelândia, Austrália, Cingapura, Filipinas, Malásia, Hong Kong, Japão, Coréia e, na volta, Estados Unidos. Window foi escrito pensando Sidney, na Austrália. Remember, pensando Hong Kong. Out Window: Taylor's Mistake, por sua vez, se refere a uma localidade neozelandesa chamada Taylor's Mistake, nome advindo do suposto erro de um navegante que confundiu o local com outra paragem. 
* Em relação à tradução, em Janela optei pela expressão "por / dentro, avesso" em vez de "den- / tro, fora", pois a expressão "inside out" expressa algo virado pelo avesso. Já em Lembrar, optei pelo adjetivo "cerrados" para tentar dar conta da ambiguidade de "close", que pode ser lido como "fechados" ou como "próximos". A palavra "cerrados" me parece dar conta de ambos os sentidos, já que pode se referir a algo de fato fechado ou, conforme o Houaiss, a  algo "cujos constituintes são numerosos e próximos entre si". Na segunda estrofe, tentando encarar a semântica movediça, típica de Creeley, optei por "pensar", pois tal vocábulo pode ser encarado como verbo ou como substantivo (o pensar), o que daria conta da ambiguidade de "mind" (a mente antes de acordar ou antes de acordar, repare?).

Nenhum comentário:

Postar um comentário